Já estava com saudades de escrever no blog! Mas finalmente, depois de me readaptar à nova rotina, retomo minhas atividades aqui no http://carvalhodaniel@wordpress.com.

Com o tempo mais escasso, vou diminuir a frequência dos posts (antes poucos, que nenhum!). Pretendo falar sobre temas mais pontuais; um texto por dia, ou mesmo um a cada dois. Assim, satisfaço a ânsia por expressar minha opinião pra quem quiser saber o que penso. Confesso que adoro a sensação de externar minhas ideias em público. Ainda que nem seja tão “em público” assim… mas já está bom pra mim.

Quero começar falando de Champions League. Não acho que tenha havido um grupo da morte no sorteio da fase de grupos da Champions League realizado, nesta quinta, em Mônaco. Real Madrid, Milan e Ajax formariam um grupo da morte histórico. Mas atualmente, só o Madrid, pelo elenco e técnico, tem alguma relevância. Infelizmente! Mesmo assim, é o grupo mais interessante; Milan e Ajax brigam pela segunda vaga.

Gostei também dos grupos A e B. O primeiro tem um grande time e duas boas equipes. Inter de Milão passa. Tottenham e Werder Bremen disputam quem avança junto aos atuais campeões. Aposto no Tottenham. O segundo grupo tem três bons times. Lyon, Benfica e o reforçado Schalke disputam, em igualdade de condições, as duas vagas.

No grupo C o Manchester United passa fácil. O decadente Valência e o esforçado Rangers disputam a outra vaga. No D aposto no Barcelona, claro!, e no Rubin Kazan, bicampeão russo. No E, Bayern de Munique e Roma são amplamente favoritos. No F o Chelsea avança e creio em boa briga entre Spartak Moscou e Olympique de Marselha pela segunda vaga. E, finalmente, no grupo H aposto em Arsenal e Shakhtar Donetsk.

O sorteio foi bom. Com os grupos estabelecidos dessa forma, dificilmente algum dos gigantes europeus ficará fora da fase seguinte, o que já nos gera enorme expectativa para o restante da competição. Como se não bastasse essa fase de grupos, que, por si só, já é um oásis para os olhos calejados do torcedor brasileiro.

Anúncios

Estava fácil demais pra ser verdade…

O Manchester United encontrou tanta facilidade até os 3 x 0 contra o Bayern de Munique, que parecia que teríamos uma goleada que transformaria a partida em um jogo histórico.

Mas o Bayern achou um gol ainda no primeiro tempo e foi para o intervalo perdendo por 3 x 1 e precisando de ‘apenas’ um gol para se classificar.

Intervalo que foi transformador. O time alemão voltou muito bem! Adiantou sua marcação e pressionava. O time inglês, que havia dominado o primeiro tempo, agora passava por apuros.

Para piorar, o jovem e talentoso lateral brasileiro, Rafael, cometeu falta boba e foi expulso ainda no início da segunda etapa. Torço para que ele não fique marcado…

Aí comecei a sentir o cheiro de surpresa. Até postei no meu twitter que achava que o Bayern iria aprontar.

Não deu outra. Em um gol genial, o holandês Arjen Robben definiu. Foi um golaço em que ele pegou de primeira o escanteio batido por Ribéry. Esse gol sim transformou a partida em um jogo histórico!

Foi um belo troco do Bayern, 11 anos depois, pela derrota para o Manchester na final da Champions de 1999, por 2 x 1, de virada.

Agora, os alemães vão encarar o Lyon, que eliminou o Bordeaux no clássico francês, na outra semifinal da Champions League. O jogo será no dia 21 de abril.

Há alguns dias publiquei o seguinte post:

“Esse Messi joga DEMAIS!

Ele fez dois golaços, o primeiro e o terceiro, começou brilhantemente a jogada do segundo e não teve participação alguma no quarto… aí também já seria exigir muito!

Messi realmente desequilibra. Ele joga demais e tem tudo para levar o Barcelona ao bicampeonato da Liga dos Campeões. E, se assim for, deverá ser eleito novamente o melhor jogador do Mundo. Não há, atualmente, ninguém no planeta jogando nem a metade do que ele tem jogado pelo Barça.

Só mesmo a Seleção Argentina pode complicá-lo nessa eleição. Não terá pra ninguém se ele conseguir uma boa campanha na Copa. Nem precisa chegar à final.

Ah, o Barcelona venceu o Sttutgart por 4 x 0 e classificou-se para as quartas de final da Liga. Com o suporte de Dani Alves, Iniesta, Pedro, Ibra, Henry, Xavi, Bojan e cia vai ser difícil alguém tirar o titulo do Barça de Messi.”

—–

Hoje fiquei com vontade de repetir esse texto. Só gostaria de acrescentar que dessa vez ele fez os quatro gols da vitória, por 4 x 1, sobre o Arsenal. Três golaços e um bonito gol (o segundo). O Barça está classificado para as semifinais da Champions League.

Hoje também aumentei o tamanho da foto.

Fonte: globoesporte.com

Em tempos de futebol profissional uma frase dessas chega a ser inimaginável. Mas ela é real e foi dita por um jogador, e dos bons, nesta terça-feira. Ao responder se comemoraria um gol contra o Arsenal, pelas quartas de final da Champions League, Henry, atacante do Barcelona, sentenciou: “Esqueça isso. Eu não quero jogar contra o Arsenal. Simples assim”.

Em seguida, o jogador ainda tentou amenizar a situação e disse que entraria em campo e se esforçaria, mas reiterou que se dependesse dele, preferiria não atuar. Henry jogou por oito anos no clube inglês e enfrentará (ou não) seu ex-clube pela primeira vez, no próximo dia 31 de março, em Londres.

Esse tipo de situação e declaração nos deixa pensativos. Sempre questionamos a falta de amor à camisa dos jogadores no futebol atual. Todos muito mais preocupados com o dinheiro em tempos de futebol negócio. Mas ao mesmo tempo, não há como negar que hoje o profissionalismo atingiu definitivamente esse mercado.

Creio que não há mais espaço para declarações como as de Henry. Se não quisesse enfrentar o Arsenal, que não deixasse o clube e não assinasse outro contrato. Mas a partir do momento que decidiu sair, o Barcelona é quem paga seu salário e a quem ele deve satisfações.

Não comemorar um gol em respeito ao clube em que jogou por oito anos, eu ainda compreendo e até aprovo. Porém, não pode ir além disso. No mínimo, uma situação muito constrangedora foi criada pelo jogador. Inclusive para ele próprio, que se for escalado e, de repente, perder um gol feito, fatalmente será acusado de ter perdido o gol propositalmente.

Sou fã do Henry dentro de campo. O cara joga e, principalmente, jogou muita bola. Mas dessa vez vou ter que ficar do outro lado. Ele foi extremamente infeliz nessa declaração.

Nesta quinta foi realizado, em Nyon, na Suíça, o sorteio das quartas de final da Copa dos Campeões. Desde 1998/99, quando o Manchester United ganhou a final contra o Bayern de Munique, não havia tantos países representados nessa fase do torneio: 6 ao todo (Lyon e Bordeaux – França; Arsenal e Manchester – Inglaterra; Internazionale – Itália; CSKA – Rússia; Barcelona – Espanha; e Bayern – Alemanha).

Coincidência ou não, Manchester X Bayern é exatamente um dos confrontos desse ano. O Manchester é mais time, mas o Bayern vem em ótima fase e é tradicionalíssimo. Mesmo assim, com Rooney em grande fase, o United é favorito.

Outro confronto que já foi final e que se repete nesse ano é Arsenal X Barcelona. O Barcelona foi campeão em 2005/06 e acho que vence novamente neste ano. O Arsenal é excelente. O trabalho realizado por Wenger no clube é excepcional, mas o Barcelona é o atual melhor do Mundo e ainda tem Messi. Acredito no Barcelona.

A Internazionale deu sorte no sorteio. Vai encarar o CSKA, da Rússia. Apesar de ter eliminado o Sevilla na fase anterior, os russos ainda são o time mais fraco das quartas. Já a Internazionale vem de grande resultado contra o Chelsea e na melhor fase de Mourinho no comando do time. Impossível não cravar Inter nesse confronto.

O último confronto será espetacular. O clássico francês entre Lyon e Bordeaux promete muitas emoções. Não são times incríveis, mas são equipes extremamente bem organizadas e com vários bons jogadores. Assim, já está garantida a presença de um clube da Ligue 1 entre os quatro melhores do continente, o que não acontecia desde 2004, quando o Mônaco foi vice-campeão. Não aponto favoritos nesse confronto, porém o Bordeaux tem hoje um melhor time.

As partidas de ida serão no dia 30 e 31 deste mês e as de volta estão marcadas para 6 e 7 de abril. Quem passar do clássico francês encara Manchester / Bayern. Consequentemente, os vencedores de Arsenal X Barcelona e Internazionale X CSKA farão o outro duelo semifinal.

Ele fez dois golaços, o primeiro e o terceiro, começou brilhantemente a jogada do segundo e não teve participação alguma no quarto… aí também já seria exigir muito!

Messi realmente desequilibra. Ele joga demais e tem tudo para levar o Barcelona ao bicampeonato da Liga dos Campeões. E, se assim for, deverá ser eleito novamente o melhor jogador do Mundo. Não há, atualmente, ninguém no planeta jogando nem a metade do que ele tem jogado pelo Barça.

Só mesmo a Seleção Argentina pode complicá-lo nessa eleição. Não terá pra ninguém se ele conseguir uma boa campanha na Copa. Nem precisa chegar à final.

Ah, o Barcelona venceu o Sttutgart por 4 x 0 e classificou-se para as quartas de final da Liga. Com o suporte de Dani Alves, Iniesta, Pedro, Ibra, Henry, Xavi, Bojan e cia vai ser difícil alguém tirar o titulo do Barça de Messi.

Hoje é dia de ficar ligado na Liga dos Campeões. Duas partidas espetaculares serão o centro das atenções do mundo do futebol. Na tarde desta quarta teremos Manchester United X Milan e Real Madrid X Lyon.

Na primeira delas teremos um desfile de talentos como Ronaldinho Gaúcho, Rooney, Beckham, Giggs, Seedorf, Scholes, Pirlo e Van der Sar. Ainda poderemos ver os brasileiros Thiago Silva e Pato (dúvida) pelo Milan e o lateral Rafael (Manchester). São duas ótimas equipes, mas com a vitória no primeiro confronto (3×2), o Manchester é favorito no confronto. Mas diante dos jogadores em campo, não podemos garantir a vitória inglesa. O Milan pode surpreender. Não espero nada além de uma grande partida.

Quanto à segunda partida, as principais estrelas pertencem ao Real Madrid. Apesar de ainda não ter convencido em suas atuações, o Madrid é o grande favorito. O Lyon venceu o primeiro jogo por 1 x 0, mas agora joga na Espanha e terá uma árdua missão: segurar Cristiano Ronaldo, Kaka e cia. O time francês tem um bom time, com bons jogadores e nada mais. Creio em vitória do Real Madrid, mas em partida difícil.

Fiquem atentos! São jogos imperdíveis! Os duelos serão às 16h45, horário de Brasília. Na TV aberta a partida entre Manchester e Milan será transmitida pela Band. Na TV fechada, os canais ESPN transmitirão os dois jogos.